Finados: Cuidados para evitar o mosquito da dengue

No dia 02 de novembro, na maior parte dos países ocidentais, ocorre um dos mais importantes rituais religiosos da tradição cristã católica, o Dia de Finados.

Essa data tem por objetivo principal relembrar a memória dos entes queridos que já se foram, bem como (para os católicos) rezar pela alma deles.

De acordo com a doutrina da Igreja Católica, a alma da maioria dos mortos está no Purgatório passando por um processo de purificação. Por essa razão, a alma necessita de orações dos vivos para que intercedam a Deus pelo sofrimento que as aflige. Nesse contexto, o Dia de Finados era conhecido na Idade Média como “Dia de todas as Almas”, dia esse que sucedia o “Dia de todos os Santos” (comemorado no dia 1º de novembro).

Além de orações, muitas pessoas também aproveita a data para fazer a limpeza de jazigos e túmulos, retirando as flores e velas antigas e levando outras em homenagem aos entes finados.

O hábito de levar flores ao cemitério para homenagear os mortos vem sendo praticado há muitos anos e simboliza, além de um belo presente, uma forma de expressar carinho e gratidão por alguém que, de certa forma, marcou as nossas vidas.

Porém, cuidados para evitar a proliferação do mosquito da dengue devem ser tomados na hora da limpeza e troca das flores nos túmulos e jazigos.

p_20161027_164317

De acordo com a coordenadora municipal do programa de Combate a Dengue, Mislaine Nascimento, colocar areia nos vasos de plantas e retirar as embalagens das flores são atitudes que ajudam a evitar acumulo de água e proliferação do mosquito.

“Pedimos para que as pessoas prestem atenção nos vasos das flores, se eles estão furados embaixo, se eles têm areia até a borda. Se os vasos tiverem pratinho pedimos que seja feita a retirada, pois não há necessidade de deixa-lo. Caso a pessoa quiser deixar o pratinho deverá colocar areia para evitar acumulo de água. Aquele plástico que vem ao redor dos vasos também deve preferencialmente ser retirado, pois ele acumula água e pode ser um criador em potencial das larvas do mosquito da dengue” destaca.

As pessoas que irão fazer a retirada de flores antigas e a limpeza dos túmulos devem também tomar alguns cuidados, conforme reforça Mislaine.

“As pessoas que vão eliminar vasos antigos podem deixar eles virados com a borda para baixo. Se as pessoas notarem que nos túmulos próximos existe vasos com água acumulada, pedimos que façam a gentileza de tirar essa água, pois estará auxiliando no combate à dengue. Em alguns túmulos existem superfícies fixadas para o acendimento de velas, e também algumas pessoas acabam levando potinhos para poder colocar as velas. Pedimos que tenham o cuidado de colocar areia para absorver água e evitar acumulo” ressalta.

p_20161027_164911

Durante toda a semana o Departamento de Serviços Urbanos (DSU), realizou atividades como corte de grama, capina e patrolamento nos cemitérios. Segundo Dinilson Gaio, diretor do DSU, afirma que os trabalhos de manutenção dos cemitérios devem ser concluídos até esse final de semana.

“Nós estamos providenciando o corte de grama no cemitério Jardim da Saudade, apesar da chuva ter atrapalhado, mas a previsão é de que até o final de semana esse serviço esteja concluído. No cemitério municipal nós estamos fazendo a capina. Também fizemos o patrolamento da via principal interna do cemitério Jardim da Saudade. Fizemos o recolhimento de todas as flores velhas, deixando em condições para as pessoas que vão fazer a limpeza dos túmulos de seus entes” pontua.

Além dos serviços de preparação e manutenção dos cemitérios, a coleta de flores e demais materiais de descarte também estará sendo feita pela DSU, conforme explica Gaio.

“Orientamos que as pessoas deixam as flores de descarte próximo das lixeiras, pois na segunda-feira, 31, iremos fazer o recolhimento de todo esse material não só no cemitério Municipal e Jardim da Saudade, mas nos outros cemitérios do município também. Estaremos deixando a disposição um certo volume de areia nos cemitérios Jardim da Saudade de Municipal, para que as pessoas que forem levar flores possam colocar dentro dos vasos para evitar acumulo de água e proliferação do mosquito da dengue, sendo que estamos em um período chuvoso e os cuidados devem ser redobrados” enfatiza.

p_20161027_164938

Com o intuito de evitar acidentes, no dia 02 de novembro, haverá pessoas orientando o trânsito dentro do cemitério Jardim da Saudade. O diretor do DSU, Dinilson Gaio explica qual será o sentido para os carros.

“No dia de finados nós teremos pessoas dentro do cemitério orientando o transito no sentido anti-horário para evitar qualquer risco de acidente. Comunicamos que estaremos com serviço de plantão caso as pessoas encontrem algum problema dentro dos cemitérios, o administrador do cemitério estará trabalhando no final de semana e inclusive no dia 02” finaliza.

%d blogueiros gostam disto: