Verão inicia nessa quarta e deve ter chuvas abaixo da média

Nessa quarta-feira, 21 de dezembro, às 7h44 entraremos oficialmente no verão. A previsão climática para os três meses da estação aponta até agora para chuvas abaixo da média na maior parte das regiões catarinenses.

O meteorologista da Epagri/Ciram, Clóvis Correia, explica que em anos de La Niña podem ocorrer períodos com menos chuvas ou volumes bem abaixo do esperado.

“Devido a influência que nós estamos tendo do fenômeno La Niña, nós estamos alertando para chuvas abaixo da média, porque quando temos a influência desse fenômeno normalmente chove menos. Isso não quer dizer que não possa acontecer em alguns momentos, um ou dois dias seguidos, que ocorram chuvas com valores mais significativos. Mas no geral deve ser um período mais seco no estado durante esse verão” alerta.

As temperaturas devem ser típicas de verão. Haverá dias de calor intenso, mas dificilmente terá quebra de recordes de temperaturas altas. No somatório dos três meses do verão, Clóvis Correia antecipa que a previsão indica que as temperaturas devem ficar dentro da normalidade.

“Nós estamos esperando que esse verão não tenha valores de temperaturas bastante elevadas, não aquele extremo que já tivemos em anos passados, sendo que nos últimos anos tivemos temperaturas bastante elevadas. Esse ano deve ficar mais dentro do normal, tendo essa oscilação, com alguns dias mais quentes, mas depois começa a declinar novamente por causa da entrada de algumas massas de ar frio que também estamos esperando. Temperaturas elevadas com certeza vão ter, mas com a oscilação quando fecharmos os cálculos elas não devem bater as médias históricas para a região” pontua.

O meteorologista da Epagri/Ciram, Clóvis Correia, lembra ainda que no verão os temporais ocorrem com mais frequência e com maior chance de chuvas acompanhadas de forte atividade elétrica que são os raios, além de granizo e vento. Ele avisa que esse tipo de previsão não é possível de ser feita com muita antecedência, por isso recomenda que a população acompanhe os avisos meteorológicos disponibilizados pela internet.

“É muito importante salientar para as pessoas que acompanhem a previsão do tempo. Esses tipos de fenômeno de verão são previsões de curtíssimo prazo, é uma previsão de horas. Se alguém tiver interessado em saber deve acompanhar as previsões. Nós temos registros que nós colocamos na página da Epagri/Ciram, também divulgação no Facebook da Epagri/Ciram, então tem vários canais que são divulgadas essas previsões de curtíssimo prazo” comenta.

Ainda nessa semana o grupo de meteorologistas que atuam em diferentes órgãos de Santa Catarina se reúnem para confirmar e traçar um perfil mais exato do que vai ser o verão catarinense.

Fonte: RNA

%d blogueiros gostam disto: