Desfaçatez sem limites

Inacreditável, mas verdadeiro. Lula da Silva fez um comício sobre o caixão de sua mulher no sábado. Ele próprio é quase um cadáver político e mesmo assim comprovou que a desfaçatez não tem limites. A sede e a obsessão pelo poder passam por cima até mesmo da perda de um ente que, em tese, deveria ser muito querido.
Ao culpar a força-tarefa da Lava Jato pela morte de Marisa Letícia, o petista, além de soar absolutamente leviano, faltou totalmente com respeito à memória da esposa, de sua família, de seu séquito de fanáticos e cuspiu mais uma vez nos valores da sociedade organizada, que trabalha, produz, supera, aguenta, engole e paga uma carga tributária absurda.

Luto e respeito

O momento não é de procurar culpados pela morte da ex-primeira-dama, mas se fosse, não seria difícil suspeitar de quem foi o maior responsável por mais uma tragédia humana: o próprio Lula da Silva, que se valeu da suposta boa-fé da falecida, levando-a a assinar papelada que acabaram por incriminá-la em práticas de corrupção. O ex-mito petista é réu em cinco ações no STF.

Poder, poder, poder

Lula da Silva acaba de condenar a própria memória familiar com o discurso mais absurdo, com uma cara-de-pau jamais vista antes neste país. Tudo para se vitimizar e colocar-se novamente em posição “privilegiada” no jogo sucessório que desagua em outubro de 2018. E o mais triste é que muita gente “boa” acredita em Lula. Que Deus tenha misericórdia do Brasil!

Paraná pode lucrar

Deputado federal Esperidião Amin volta a alertar que está a todo o vapor o projeto que pretende canalizar a exportação do frango do Oeste catarinense pelo porto paranaense de Paranaguá, em detrimento dos terminais de Santa Catarina (especialmente Itajaí e Navegantes). Amin endereçou ofício, alertando para o perigo, a Raimundo Colombo e ao coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, senador Dalirio Beber.

Imprensa

Amin também anexou às correspondências, matéria publicada pelo Jornal Valor Econômico, no dia 2 de fevereiro. A publicação detalha o projeto do governo federal. “Proponho que solicitemos audiência com o ministro chefe da Secretaria Geral da Presidência da República/Secretário Especial do Programa de Parcerias de Investimentos e na ANTT, objetivando obstruir esse intento lesivo aos interesses de nosso Estado,” acrescentou o deputado.

Policiais mobilizados

A União dos Policiais do Brasil realiza na próxima quarta-feira, dia 8, uma manifestação pela manutenção da aposentadoria do policial. Em Santa Catarina, a manifestação acontece no Aeroporto Internacional Hercílio Luz, em Florianópolis, às 13h, na área de desembarque. No ato serão distribuídos panfletos informando a sociedade sobre a necessidade da manutenção da aposentadoria policial. Enquanto policiais e governantes se digladiam e expõem razões e contrarrazões, a violência intimida os cidadãos de bem em velocidade galopante.

Sexteto

Em sessão extraordinária, transmitida ao vivo pela internet, a OAB/SC escolheu, sexta-feira (3), a lista sêxtupla de advogados que vão concorrer à vaga de desembargador do Tribunal de Justiça de Santa Catarina pelo quinto constitucional (destinada à advocacia). O advogado André Dacol foi o mais votado, com 42 votos, seguido de Rogério Zuel Gomes (41 votos), JandreiAldebrand (34 votos), Richard Silva de Lima (31 votos), Cleide FurlaniPompermaier (30 votos) e Guilherme Scharf Neto (29 votos).

%d blogueiros gostam disto: