Udo e Mariani

Faz duas semanas que as notícias acerca das atuações do prefeito de Joinville, Udo Döhler, e do deputado federal Mauro Mariani, presidente estadual do PMDB, começaram a tomar outro rumo. Até então, só se ouvia falar que Eduardo Moreira estava apostando todas as fichas no alcaide, tendo como pano de fundo as eleições de 2018; e que o parlamentar contava, na disputa interna, com o suporte do senador Dário Berger. Ocorre que, nos bastidores, é notório que Moreira e Berger também postulam espaços majoritários no pleito estadual do ano que vem. No caso do senador, interessa mesmo é a cabeça de chapa, pois seu mandato só expira em 2022! Desde o encontro do Manda Brasa, tradicional em Joinville, o que se vê é a sintonia entre Udo e Mariani. Os dois começam a estabelecer uma certa distância, prudencial, em relação aos “padrinho” pré-eleitorais. Até para evitar que um dos dois se torne o famoso boi de piranha, uma vez que o processo sucessório foi açodado pelos movimentos do PSD, leia-se Gelson Merísio.

Cortesia
Popular pela atuação firme no combate à corrupção e à impunidade, o senador Álvaro Dias (PV) passou por Itajaí para palestrar aos acadêmicos de Direito da Univali. Antes disso, fez questão de passar pelo gabinete do prefeito Volnei Morastoni (PMDB) para conhecer a realidade local.

Coragem
Morastoni destacou o tripé da economia itajaiense: o porto, a pesca e a construção naval. O alcaide apresentou os desafios que o município enfrenta para não perder espaço no mercado e seguir crescendo. O senador emendou que a situação de todos os municípios é muito difícil e que é preciso coragem para remar contra as dificuldades.

Metralhadora
Em vídeo que gravou e postou em redes sociais, o deputado federal Marco Tebaldi (PSDB) justificou o voto pela aprovação do projeto de terceirização. “Ontem (anteontem) votamos o projeto de terceirização. Votei sim por entender que vai destravar o país e nossas empresas e muitos trabalhadores terão emprego, vai gerar empregos. E também vai enfraquecer os bandidos da CUT e a quadrilha do PT que estavam usufruindo os recursos dos trabalhadores.” Ele fez um vídeo comunicando que passou a presidência da Comissão de Defesa do Consumidor para o deputado Rodrigo Martins (PSB/PI).

Locomotiva
Prefeito José Thomé, de Rio do Sul, comemorando, com razão, os números do emprego na Capital do Alto Vale. No primeiro bimestre, foram abertas 527 vagas contra apenas 135 no mesmo período de 2016. Salto de 290%.

Quinteto
Na reunião de diretoria da Fiesc na sexta-feira, os dirigentes empresariais destacaram, e elogiaram, a postura de cinco deputado federais de Santa Catarina: Celso Maldaner, João Paulo Kleinübing, Marco Tebaldi, Valdir Collatto e Rogério Peninha Mendonça. Os cinco votaram a favor do projeto que permite a terceirização irrestrita nas relações trabalhistas.

Segmento
Por falar em terceirização, os produtores rurais devem ser os maiores beneficiados pela proposta aprovada na Câmara. Opinião do deputado Rogério Peninha Mendonça.

Ponte
A construção da ponte internacional sobre o rio Peperi-Guaçu foi incluída na pauta temática, da reunião de trabalho, realizada em Brasília, entre o presidente Michel Temer e o presidente da Argentina, Mauricio Macri, mês passado. O assunto evoluiu e as expectativas são positivas para que a obra saia do papel. A informação é do senador Dalirio Beber, que ainda coordena o Fórum Parlamentar Catarinense.

%d blogueiros gostam disto: