Trabalhadores dos Correios entram em greve em SC

Os trabalhadores dos Correios em Santa Catarina decidiram entrar em greve em assembleia na noite de quarta-feira (26). Na manhã desta quinta (27), ocorreu uma concentração na agência da Praça XV, em Florianópolis, para marcar o primeiro dia de greve da categoria em todo país.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios, Telégrafos e Similares de Santa Catarina (Sintect-SC), Gilson Vieira, eles entregam no Centro da capital uma carta aberta à população, para divulgar as reinvindicações do movimento.

“Somos 4,2 mil trabalhadores no estado, distribuídos em 404 unidades da empresa em diversas cidades. A adesão é máxima à greve, porque somos contra a privatização dos Correios, o fechamento de agências pelo país, as 25 mil demissões que podem ocorrer e a retirada de direitos dos trabalhadores. Vamos tensionar até que o presidente negocie”, disse Gilson.

Conforme o sindicato, a direção dos Correios anunciou que planeja demissões incentivadas. O protesto ocorre porque a medida deve também causar prejuízo ao andamento da entrega de correspondências, já que a estatal tem déficit de funcionários em relação ao aumento na quantidade de objetos postais. O concurso público mais recente ocorreu em 2011.

Segundo o Sintect, as férias dos empregados foram suspensas pelo período de maio de 2017 e abril de 2018. Além disso, o plano de saúde da categoria deve ter cobrança de mensalidade, cobrança de 50% das despesas totais e de 10% a 30% nos procedimentos bem como cobrança extra por dependente.

Em Videira até o momento a agência dos Correios está atendendo normalmente.

Fonte: G1

%d blogueiros gostam disto: