Mais de 180 atletas foram selecionados para receber patrocínio do Bolsa Pódio

Saiu a lista dos primeiros atletas que vão ser patrocinados pelo Bolsa Pódio, a categoria mais alta do Programa Bolsa Atleta. No total, 183 atletas vão ser patrocinados. Destes, 70 serão contemplados pela primeira vez. Este é o inicio da preparação do Brasil para os Jogos de Tóquio 2020 e o objeto do programa é patrocinar atletas com chance de medalha. Nesta primeira lista serão beneficiados atletas olímpicos e paraolímpicos. Entre eles, está o destaque do time brasileiro de saltos ornamentais, o atleta de 32 anos, Hugo Parisi. Ele treina cerca de 4 horas por dia e já participou de mais de 300 competições e de 4 jogos olímpicos. Segundo ele, por meio da Bolsa Pódio é possível ter mais foco e planejamento para a carreira.

“Já fui a três Jogos Pan-Americanos, já fui a vários mundiais, vários campeonatos Sul-Americanos, então ela consegue manter os atletas focados somente treino e dá possibilidade de fazer um melhor planejamento para a sua carreira.”

 Dos 183 anunciados, 91 são olímpicos, sendo que 12 foram medalhistas nos Jogos Rio 2016. O investimento para os competidores olímpicos será de R$ 10,8 milhões. Já o patrocínio nos atletas paralímpicos soma R$ 12,9 milhões. Foram contemplados nessa primeira fase 92 competidores, sendo 37 medalhistas nos Jogos Paralímpicos 2016. De acordo com o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, além destes atletas, há uma grande expectativa com aqueles que estão sendo contemplados pela primeira vez.

“Todos os nossos medalhistas estão incluídos nele e todos os novos talentos em que temos a expectativa de que venham representar bem o Brasil.”

As bolsas variam de R$5 mil a R$15 mil; e no total, o investimento será de quase R$ 24 milhões de reais ao ano.

Fonte: Agencia do Rádio

%d blogueiros gostam disto: