Ladrão flagrado usando tênis furtado; mulher agredida e outras ocorrências

No loteamento Recanto da Natureza, a guarnição atendeu ocorrência de furto com arrombamento. Chegando no local foi conversado com a vítima que relatou que saiu de casa segunda pois tem sítio em outra cidade e ao retornar hoje encontraram sua residência arrombada e todo revirada e sentiram falta de uma Televisão marca Samsung 48 polegadas e Dinheiro – 100 Reais em espécie. Diante dos fatos foi realizado o presente boletim de ocorrência e orientado a vítima sobre os procedimentos.

No Bairro Marafon, a Polícia Militar foi informada que três masculinos teriam efetuado um furto em residência e se evadido correndo. Com a chegada da guarnição no local, foi entrado em contato com a vítima, o qual relatou que teriam furtado um par de tênis da marca NIKE e estariam em fuga em direção a mata. Diante dos fatos as guarnições para realizar o cerco na área, logrando êxito na busca. Ao serem submetidos a busca pessoal, foi verificado que o autor, estaria usando calçado nos pés, um par de tênis semelhante ao apontado como furtado. Contudo, foi solicitado a presença no local da vítima, tendo este último reconhecido o calçado como sendo o seu que havia sido furtado, no entanto, foi esclarecido, que o furto ocorreu no sábado passado, dia 05/08, e na tarde de hoje avistou um indivíduo com o tênis calçado nos pés e reconheceu como sendo de sua propriedade, momento em que foi conversar com os envolvidos, esses empreenderam fuga, restando lhe acionar a Polícia Militar. Sendo assim, foi conduzido todos os envolvidos a Delegacia de Polícia, onde foram entregues juntamente com o suposto objeto furtado, para providências cabíveis.

No Bairro Farroupilha, a guarnição deslocou até uma residência onde segundo informações um masculino estaria agredindo uma feminina. Com a chegada da guarnição no local, foi entrado em contato com a vítima, a qual ao ser indagada sobre os fatos, relatou que estava em casa, quando de repente seu amásio chegou alterado, arrombando a porta da casa e iniciando agressões com socos e chutes, resultando em edemas. Na sequência passou a quebrar os móveis da casa, danificando-os e logo após se evadiu do local para rumo ignorado. Durante o atendimento, a ofendida relatou que o masculino possui envolvimento com drogas (cocaína), tanto fazendo uso, quanto comércio de entorpecente. Ainda, mostrou a guarnição da PM, o local onde o mesmo guardava algumas munições de arma de fogo, sendo constatado após averiguação, que se tratava de duas munições de calibre .22 e uma munição de calibre .32, todas intactas, as quais foram apreendidas para posteriormente ser encaminhado à Delegacia de Polícia. A guarnição confeccionou o levantamento fotográfico.

 No Bairro De Carli, a guarnição deslocou até uma residência onde segundo a solicitante estava na casa de seus pais quando sua cunhada, começou a lhe provocar, então foi ao encontro desta para conversar, momento em foi agredida, sendo puxada pelos cabelos, e nesse momento foi agredida na cabeça com um soco. Quando conseguiu se desvencilhar acertou-a com um tapa, depois disso foi ameaçada pela sua cunhada. Diante dos fatos a guarnição registrou o boletim de ocorrência e foi orientada a vítima quanto aos procedimentos cabíveis.

A guarnição atendeu ocorrência de porte/posse de arma branca ou simulacro e ameaça. No colégio Waldemar Kleinubing, a Diretora informou que havia um aluno de posse de uma arma branca. No local a guarnição conversou com a Diretora, a qual cientificou a guarnição dos fatos, onde por outros alunos foi informada que um aluno estaria de posse de uma faca, onde ao verificarem localizaram a faca com o mesmo, posteriormente acionaram a Polícia Militar. Após então a Gu conversou com os envolvidos, onde um deles relatou que no dia anterior, no ponto de ônibus, teve um desentendimento com um masculino, que o mesmo ameaçou-lhe de lhe agredir, inclusive que devido a isto trouxe uma faca para a escola, para se defender. Diante dos fatos, a guarnição apreendeu a arma branca, a qual estava no momento com a Sra Diretora, acionou o Conselho Tutelar, acionou os pais dos envolvidos e encaminhou todos até a Delegacia de Polícia Civil para providências cabíveis.

%d blogueiros gostam disto: