Bauer e Merisio

Senador Paulo Bauer (PSDB) levou o ministro da Saúde, Ricardo Barros, para Chapecó na última sexta-feira. A viagem tinha como meta fazer o ministro conhecer as demandas do Hospital Regional do Oeste, que atende mais de 1 milhão de pessoas em toda a região.

Barros confirmou que um novo edital para a construção da casamata para os equipamentos de radioterapia será publicado no próximo dia 18. O senador, por sua vez, entregou empenho de R$ 200 mil para custeio da unidade e outros R$ 500 mil para o Hospital da Criança. À noite, prestigiaram a abertura da Efapi.

Mas o fato político mais significativo pode ter ocorrido no retorno de Bauer à Florianópolis, no fim da manhã de sábado. Ele ganhou uma carona do deputado estadual Gelson Merísio (PSD). Em um voo fretado, tiveram ao menos uma hora para conversar. Difícil acreditar que não trataram da eleição de 2018. Ambos almejam disputar o governo e não escondem que um não tem qualquer restrição ao outro. Bauer, porém, reafirma diariamente que o PSDB não abre mão de ser cabeça de chapa.

Jucesc Digital

Na próxima quarta-feira, dia 11 de outubro, às 14h, na sede da Junta Comercial do Estado, ocorrerá o Lançamento do Programa JUCESC Digital. Este programa, que parte da diretriz dada pelo Governador Raimundo Colombo, compreende um conjunto de ações voltadas à simplificação de procedimentos para quem pretende abrir uma empresa ou realizar outros atos relacionados com o registro mercantil.

Agilidade

Atualmente, para se abrir um processo na Junta Comercial o usuário precisa reunir uma série de documentos, coletar assinaturas dos sócios, e dar entrada em protocolo em um dos cinquenta e sete balcões das unidades administrativas da Junta Comercial espalhadas pelo Estado.

Frase

“O Mauro vai combater o bom combate, que é o que o Luiz Henrique também fazia. Ele já demonstra sua capacidade e coragem com uma trajetória de realizações e hoje enfrentando os líderes nacionais que não nos representam.” Ivete Appel da Silveira, ex-primeira-dama do Estado, no evento do PMDB Mulher durante o fim de semana.

Morte do reitor

A cada dia que passa, fica mais claro ainda que houve excessos na prisão e toda a condução do processo do falecido reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, o Cao. Inclusive com vários analistas nacionais indo nesta linha. Correções de rumo precisam ser feitas sim. Mas isso não pode ser usado, de forma covarde, para atacar a Lava-Jato.

%d blogueiros gostam disto: