Caso de crianças que foram amedrontadas com máscaras em um Centro de Educação Infantil de Fraiburgo, está sendo investigado

Nessa semana pessoas da comunidade fraiburguense enviaram para a Rádio Fraiburgo via redes sociais, informações de que no Centro de Educação Infantil, o Cei do bairro Macieira, foi registrado um fato em que crianças foram amedrontadas com máscaras apavorantes por professoras que trabalham no educandário.

Um dos relatos que chegou até a emissora narra o seguinte: “O fato acontecido no trocador onde não tem câmeras, professores do CEI Macieira colocaram bebês dentro de uma caixa de papelão com um balão em movimento com uma máscara apavorante para amedrontar as crianças que não paravam de chorar”.

O Departamento de Jornalismo apurou a veracidade das informações e constatou o fato. Na Prefeitura de Fraiburgo as medidas cabíveis foram tomadas, pois, as profissionais autoras da tortura psicológica contras as crianças, foram exoneradas de seus cargos, e a Secretaria de Educação do município informou o Conselho Tutelar para que tivesse conhecimento dos fatos.

A secretária de Educação de Fraiburgo, Tania da Silva Ferreira comentou sobre o assunto destacando que todas as medidas foram tomadas e que o caso está sendo investigado. “Quero esclarecer que eu ainda não havia me pronunciado por orientação do jurídico porque nós não podemos em uma situação de investigação estar prestando muitas informações, até para preservar o processo. Considerando esses fatos eu quero relatar que foi uma única turma do Cei Macieira que sofreu essa situação dessa suposta máscara, porque nós ainda não vimos, apenas recebemos as imagens, dessa máscara colocadas num balão e num boneco. Quero colocar para a comunidade, principalmente para os pais do Cei Macieira, que a Prefeitura de Fraiburgo e a Secretaria de Educação, não toleram esse tipo de atitude, que isso nunca foi incentivado, que as pessoas envolvidas já foram afastadas, exoneradas de seu cargos. Foi aberto um processo administrativo para investigar essa ocorrência, serão tomadas todas as providências para que essas pessoas responsáveis pelo fato, sejam punidas. Nós repudiamos situações como essa”, declarou a secretária Tania.

Comunicado da Prefeitura de Fraiburgo sobre o caso

Considerando os fatos relatados envolvendo uma única turma no Centro de Educação Infantil Macieira, sobre suposta máscara utilizada com intuito de assustar os alunos em sala, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes de Fraiburgo esclarece que não tolera e não incentiva atitudes do gênero;  que as envolvidas já foram afastadas dos cargos; que foi aberto processo administrativo para investigar a ocorrência  e tomar as providências que ainda serão cabíveis.

A Secretaria de Educação lamenta e repudia o ocorrido visto que todas as ações são voltadas para a qualidade do ensino e no acolhimento dos alunos no período em que não estão em casa, tendo como foco o aprendizado sadio e o desenvolvimento da criança.

Imagem: Internet/Ilustrativa

Departamento de Jornalismo Rádio Fraiburgo – Lilian Ribeiro

%d blogueiros gostam disto: