Superlua, lua azul e lua de sangue ocorrem juntos esta semana

Observatório ficará aberto até às 23h na terça e quarta acompanhando o fenômeno

Do ponto de vista da astronomia, 31 de janeiro terá uma lua bem incrível, um combo de várias versões especiais do satélite: a Lua Azul, a Superlua e a Lua de Sangue. Vai ser a primeira vez em 150 anos, inclusive, que temos uma Lua Azul e de Sangue, tudo ao mesmo tempo.

A Lua Azul não é considerada um evento astronômico e não deixa a lua de cor azulada. Porém, é dado esse nome por ser a segunda lua cheia em um mesmo mês, fato que não é comum, como explica o assessor do Observatório Astronômico Domingos Forlin de Videira, Odirlei Alflen.

As características da Superlua, ocorrem quando a Lua está cheia e em seu ponto mais perto da Terra na órbita ao redor do nosso planeta. Esse período é chamado de perigeu, quando o satélite aparece no céu cerca de 14% maior e 30% mais brilhante do que no apogeu (Microlua) – quando está mais distante.

Já a Lua de Sangue está relacionada ao eclipse lunar, podendo ter variações de cores. Odirlei falou que não será possível ver este fenômeno em nossa região.

O assessor ressaltou que na noite desta terça-feira, 30, e quarta-feira, 31, o observatório estará aberto das 19 às 23 horas para receber a população que quiser acompanhar estes fenômenos lunares. A visitação é gratuita e o observatório fica próximo ao aeroporto.

Fonte: Rádio Vitória

%d blogueiros gostam disto: