Videira participa do 2º Seminário de Proteção e Defesa Civil

A Secretaria de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina organiza o Segundo Seminário Internacional de Proteção e Defesa Civil. O evento ocorrerá nos dias 13 e 14 de março de 2018, no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, Canasvieiras – Florianópolis. Nesta semana, o site oficial do evento foi lançado. Para ficar por dentro de tudo o que vai acontecer acesse www.sipdc2018.com.br .

O evento contará com mais de 50 palestras nacionais e internacionais para debater sobre a importância das políticas públicas na redução de riscos de desastres. A intenção também é aumentar o senso de percepção de risco da sociedade brasileira. O Seminário vai destacar também os projetos realizados para aumentar a resiliência do povo catarinense perante ao maior evento severo ocorrido no Estado, que completa 10 anos em 2018.

Durante os dois dias, palestrantes renomados de diversos países do mundo estarão na capital para alertar e discutir temáticas, como monitoramento e alerta prévio – experiências aprendidas, planejamento urbano, mapeamentos de risco e segurança pública. Autoridades, professores, estudantes, empresários e toda a comunidade estão sendo esperados no seminário, que irá apresentar estudos de caso e situações de êxito em defesas municipais do país e analisar relações entre opções de desenvolvimento e sustentabilidade.

No line up, estão confirmados palestrantes como o mestre em Engenharia do Ambiente, Pedro Miguel Teiga, de Portugal, para falar sobre a temática “Abordagem integrada para gerenciamento de desastres na região montanhosa com ênfase no fluxo de detritos”, além de autoridades catarinenses e outros grandes nomes brasileiros e de países, como Argentina, Suiça, Costa Rica e Estados Unidos.

Paralelo ao SPIDC, através de uma comissão especializada, a Defesa Civil estará recebendo trabalhos relacionados ao tema de estudantes e professores, que após o processo de avaliação, poderão ser transformados em artigos e publicados na Revista Gestão e Sustentabilidade da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Em dois formatos, expandido ou simples, os resumos devem ser enviados até 10 de fevereiro através do site do evento. O anúncio será feito durante o seminário.

De forma gratuita, as inscrições podem ser feitas através do site www.sipsdc2018.com.br. O encerramento do evento será realizado na manhã do dia 15 de março para a cerimônia de inauguração do Cigerd – Centro Integrado de Gestão de Riscos e Desastres, que irá unificar o serviço da Defesa Civil no Estado em torno do monitoramento de fenômenos meteorológicos em todo o território catarinense. Com a integração dos setores na sede em Capoeiras, na área continental da cidade, o governo quer prestar informações mais ágeis de qualidade ao cidadão perante às condições climáticas.

O SPIDC é uma realização da Defesa Civil de Santa Catarina com apoio do Governo do Estado de Santa Catarina, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), Instituto Federal Catarinense (IFC), Lab-Red, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Revista Gestão & Sustentabilidade, e Associação Brasileira de Pesquisa Científica, Tecnológica e Inovação em Redução de Risco de Desastres (APB-RRD).

Fonte: Prefeitura de Videira

%d blogueiros gostam disto: