Mais de 8 mil crianças e adolescentes à espera de uma família

Em SC estão cadastradas para adoção 312 crianças e adolescentes

Na semana em que se comemora o Dia das Mães, o Conselho Nacional de Justiça divulgou a informação de que mais de 8 mil crianças esperam por um lar e sua cor, idade e sexo são as principais barreiras para encontrar uma família.

Segundo relatório do portal Cadastro Nacional de Adoção, estão cadastrados 43.731 pretendentes para adoção no Brasil.

Em Santa Catarina o registro de pretendentes é de 2.694. O relatório aponta também que no Estado estão cadastradas para adoção 312 crianças e adolescentes.

O número de pretendentes que aceitam somente crianças brancas é de aproximadamente 7 mil.

Os que preferem crianças com até 3 anos são mais de 8 mil, correspondendo a quase 20% do total de pretendentes. Já os que aceitam apenas crianças do sexo feminino são mais de 11 mil.

Este mês, o Cadastro Nacional de Adoção, criado pelo Conselho Nacional de Justiça, completa 10 anos.

Adotar sem preferência é um ato de amor verdadeiro: cor, idade, sexo ou condição física não devem ser barreiras entre quem quer amar e quem quer ser amado.

Fonte: Rádio Videira

%d blogueiros gostam disto: