Hoje é Dia D de vacinação contra a gripe

Nesse sábado, 12, será realizada uma grande mobilização da Campanha de Vacinação contra o Influenza em nosso município. A expectativa da Secretaria de Saúde, que realiza a campanha, é imunizar cerca 5.8 mil pessoas que ainda faltam para alcançar a meta determinada pelo Ministério da Saúde, que é de 11.5 mil videirenses imunizados.

Segunda a Secretária de Saúde do município, Ivanice Peccin até o momento 50% das doses, destinadas para Videira, já foram aplicadas. Para aumentar este índice uma grande estratégia está sendo feita para atender o maior número de pessoas.

“Durante o sábado, queremos intensificar o número de pessoas imunizadas, para isso vamos abrir os postos da Farroupilha, Amarante, Rio das Pedras e Floresta, além é claro do PAM das 8h até as 17h”, em especial para os professores, idosos que não conseguiram um fazer a vacina, procurem um dos postos e se imunize, pois será rápido e isso ajudará muito a reduzir os casos de gripe”, destacou a secretária.

Para aquelas pessoas que não conseguirem tomar a vacina no próximo sábado, as doses estarão disponíveis até o dia 1° de junho na sala de vacinas do PAM. Lembrando que é necessário levar junto o Cartão doSUS, documento com foto e Carteirinha de Vacinação.

De acordo com Ivanice, este ano o público-alvo da campanha são pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a menores de 5 anos, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, trabalhadores de saúde, povos indígenas, pessoas com doenças crônicas, professores da rede pública e particular, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Sintomas da Gripe

A gripe é uma infecção do sistema respiratório causada pelo vírus influenza e tem como principais sintomas febre, dor no corpo, coriza, dor de cabeça, dor de garganta, entre outros.

 

Embora sintomas comuns de alergias e resfriados como espirros, nariz entupido e dor de cabeça sejam chamados popularmente de gripe, a doença causada pelo influenza aparece com bem menos frequência ao longo da vida.

Enquanto a maioria das pessoas fica resfriada algumas vezes por ano, a gripe geralmente aparece uma única vez em alguns anos. Um dos possíveis sintomas que difere a gripe do resfriado é a febre acima dos 38°C.

A gripe normalmente tem início abrupto e provoca febre alta (mais de 38 °C), dores de cabeça e no corpo, mal estar e fraqueza. Outros sintomas possíveis são tosse, inicialmente seca, dor de garganta e coriza.

A gripe não complicada costuma melhorar em até 5 dias contados a partir do início dos sintomas, mas, em alguns casos, o quadro pode estender-se por mais de uma semana. A recuperação é rápida. No entanto, algumas pessoas demoram semanas para se recuperar da “fraqueza” que sentem.

Em pessoas vulneráveis, a gripe pode ser mais perigosa e é chamada de gripe complicada. Isso acontece quando ocorre: a) pneumonia causada diretamente pelo vírus influenza (pneumonia viral); b) pneumonia bacteriana (quando bactérias se aproveitam da fragilidade do organismo e infectam os pulmões); c) acometimento dos músculos (miosite) ou do sistema nervoso (encefalite ou polirradiculoneurite, por exemplo).

Estão sob maior risco de apresentarem essas complicações as crianças com menos de 2 anos, os adultos com mais de 65 anos, pessoas que vivem em asilos ou instituições de saúde, doentes crônicos (diabéticos e pneumopatas, por exemplo) e os obesos.

Prevenção

A prevenção da gripe consiste em medidas relativamente simples: vacinação e cuidados básicos de higiene.

O objetivo da vacinação é fazer com que a pessoa não contraia a infecção ou, se isso não for possível, que tenha um quadro mais leve da doença, com menor risco de complicações. Os efeitos colaterais da vacina são geralmente locais (dor e inchaço no lugar da aplicação, por algumas horas). Eventualmente, pode provocar um quadro semelhante ao de um resfriado comum.

A vacinação deve ser repetida anualmente, porque a vacina muda de acordo com as alterações sofridas pelos vírus. Geralmente, a pessoa demora duas semanas para desenvolver os anticorpos adequados.

Adultos com mais de 50 anos, imunossuprimidos (transplantados, pacientes com HIV), doentes crônicos e profissionais de saúde estão entre aqueles que devem tomar a vacina todo anos.

As medidas de higiene úteis para a prevenção da gripe são simples: cobrir a boca quando tossir ou espirrar (para evitar a disseminação maior de partículas que carregam os vírus) e manter as mãos limpas (lavá-las com água e sabão) para evitar eventual transmissão por contato.

Dia D de Vacinação no sábado (12) das 8h às 17h

Postos abertos    

Amarante

Farroupilha

Floresta

Rio das Pedras

PAM

%d blogueiros gostam disto: