PM de Videira descobre que foragido preso na cidade, matou o pai no PR e mentiu o nome

12/05/2018- “Tirocínio Policial” é a expressão dada à atuação de integrantes da Polícia Militar. Dentre as diversas ações desencadeadas nos últimos dias, uma chamou atenção nesta semana, quando a inteligência da PM, logrou êxito na identificação correta de um individuo preso em Videira, pela própria Polícia Militar, por em tese estar atuando no tráfico de drogas, em nossa cidade. A operação ocorreu no Bairro Panazzolo, ocasião em que foi preso com aproximadamente 01kg de Maconha. Um mulher também foi presa nesta operação.

Ocorre que este indivíduo, durante a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante, identificou-se com outro nome, apresentando inclusive um documento que em tese comprovaria sua identidade. Conduto, os militares suspeitaram das informações repassadas pelo acusado. Desta forma, mesmo preso preventivamente, os militares não interromperam seus trabalhos, a fim de corretamente identificá-lo.


Após troca de informações com órgãos de segurança pública do Paraná e com o DEAP/SC, a Polícia Militar de Videira/SC, logrou êxito na identificação do suspeito, o qual, oriundo do PR estava foragido da Penitenciária de Cascável/PR. O suspeito identificado como Eligton Batista Ribeiro, 27 anos, acusado de ter roubado e matado o próprio pai em Leópolis, cidade próxima a Cornélio Procópio, no norte do estado do Paraná, em 2009.

Pelos levantamentos feitos pela Policia Militar, Eligton é considerado um homem perigoso, usuário de drogas, acusado de tráfico e um grande influente em fugas dos presídios por onde passou. Cumpre pena por latrocínio (roubo seguido de morte), ocultação de cadáver e tráfico de drogas. No caso de latrocínio após ter ocorrido o desaparecimento do pai, Benedito Ribeiro da Cunha, na época com 52 anos a investigação da policia paranaense, apurou que o mesmo com o auxilio de uma namorada adolescente, teria matado o pai com um facão e escondido o corpo, colocando vários bens a venda em seguida.

Depois da prisão no PR, o acusado agora identificado pela Policia Militar de Videira, fugiu da unidade prisional de Cornélio Procópio por duas vezes e acabou recapturado, porém, na última fuga da Penitenciária de Cascavel durante uma rebelião, teria rumado para Santa Catarina, onde estava traficando drogas e passando-se por outra pessoa.

Com as apurações, o Serviço Reservado de Inteligência da Policia Militar, trocou informações com o Serviço de Inteligência do DEAP e agora o acusado responderá pelos demais crimes previstos em lei, assim como, terá anexado a sua ficha criminal o crime de tráfico de drogas, pelo qual foi preso na operação da PM no Bairro Panazzolo em Videira.

O Judiciário, recebeu os relatórios para que possa proceder com as mudanças necessárias no processo que envolve o preso que usou o nome de outra pessoa para ocultar sua ficha criminal extensa.

Esse é o segundo homem preso pela Policia Militar de Videira, foragido da penitenciária de Cascavel Pr.

Fotos da época: CGN do Paraná/Anunfácil/ Divulgação

Reportagem: Espião Noticias

%d blogueiros gostam disto: