Roubo em Lurdes no interior de Videira, mobiliza PM e acusados foram presos em flagrante

A tranquilidade de um morador da comunidade de Lurdes, interior de Videira, foi rompida na noite desta sexta feira, (11) quando por volta das 22 horas, dois homens bateram na porta da residencia e o homem pensando ser um vizinho, abriu normalmente.

Quando a porta foi aberta, o morador acabou sendo rendido covardemente com uma faca colocada em seu pescoço, passando a viver momentos de terror com muitas ameaças. Para piorar a situação, amarraram a vítima, mantendo a faca sob o pescoço, enquanto buscavam pela chave do veículo, dinheiro e objetos de valor.

Após terem pegado a chave do veículo VW Gol placas MIR4513, iniciaram uma verdadeira seleção de produtos que seriam levados da casa, sendo que subtraíram uma quantia em dinheiro, alimentos, utensílios domésticos, três rifles de ar comprimido e uma mala de cor preta.

Com a fuga dos meliantes, a vítima só conseguiu soltar-se das amarras depois de um certo tempo, pedindo socorro imediatamente aos vizinhos próximos. A Policia Militar de Videira, foi comunicada, repassou as informações para a PM de Fraiburgo e deslocaram em buscas pelos meliantes.

De forma planejada, as viaturas de Videira seguiram em direções diferentes, fazendo uma varredura pelo interior, momento que próximo a uma serraria na direção da comunidade de Camboim, avistaram um carro saindo do mato e quando aproximaram-se, perceberam tratar-se do veículo da vítima, sendo de imediato iniciado uma ação de abordagem com sinais sonoras e luminosos, os quais foram ignorados pelos envolvidos, que continuaram a fuga alucinada, porém, ao encontrar com outro veículo, perderam o controle da direção, caindo em um barranco na margem da via.

Em meio ao desespero, os suspeitos tentaram fugir apé, mas foram contidos pelos militares a poucos passos do local, sendo necessário o uso da força progressiva para conter ambos e evitar a fuga de mais pessoas que estavam no veículo, as quais foram identificadas posteriormente como namoradas dos suspeitos.

Após a prisão dos acusados P.P.P e E.J. M com o uso de algemas para evitar a fuga, os policiais renderam as duas jovens que os acompanhavam sendo uma de 22 anos e uma menor com apenas 16 anos de idade, as quais foram identificadas no local, colocadas na viatura sem algemas e encaminhadas para serem entregues junto com os presos para os procedimentos cabíveis.

Durante revista no veículo, foi localizado todos os objetos levados da casa, os quais foram entregues na Delegacia da Policia Civil, Central Regional de Plantão Policial em Videira.

Os Policiais Militares resumiram no final da madrugada que foi uma ação que envolveu planejamento, coragem e tirocínio policial, quando o profissional, consegue imaginar a direção tomada pelos meliantes.

“Foi uma noite de muito trabalho, mas compensador, poder restituir os bens da vítima e prender os acusados para que respondam legalmente pelos seus atos”, resumiu um dos PMs envolvidos.

Reportagem e imagens: Espião Noticias

%d blogueiros gostam disto: