Acadêmicas realizam intercâmbio na Itália

Há cerca de três meses, as acadêmicas Franciele Serigheli e Jércica Maína Borga​,​ da 9ª fase do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da Unoesc Videira, estão realizando intercâmbio na Università degli Studi di Catania na Itália. ​A o​portunidade ​foi ​conquistada ​através do ​P​rograma International  Students e ​dos ​acordos internacionais entre as duas universidades.

 Além de estarem aprofundando seus conhecimentos na língua italiana com aulas ofertadas pela Universidade, ambas estão cursando ​componentes​ de Hidrologia, Gestão de Recursos Hídricos e Engenharia Sanitária e Ambiental.  Franciele ainda participa de um grupo de desenvolvimento de pesquisas na área de tratamento de efluentes ​em que​ são utilizadas tecnologias diversificadas e inovadoras.

A participação nesse grupo​de pesquisa ​está tornando possível a realização de uma an​á​lise comparativa e troca de informações sobre tecnologias e metodologias de ensino utilizadas pelos dois países — ​a​firma Franciele.

 No meu caso, estou aprimorando conhecimentos na área de recursos hídricos, conhecendo também os tratamentos e tecnologias disponíveis para o tratamento de efluentes e águas utilizados aqui e que podem ser aplicados também no Brasil — complementa Jércica Borga.

Para realizar esse intercâmbio​,​ elas ​salientam​ que o apoio​,​ tanto da Unoesc quanto da Università degli Studi di Catania​, tem sido bastante ​importante, sendo que a coordenação do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental auxiliou com toda a burocracia, preparação e pré-embarque, moradia e fornecimento de todas as informações necessárias​ para a estada​.  Já a universidade Italiana oferece ​os componentes​ relativ​o​s à área de formação das estudantes, curso de língua italiana para estrangeiros, e a participação nas pesquisas que estão sendo desenvolvidas​,​ de forma gratuita e com todo o apoio e ajuda necessári​os​.

 Para a intercambista Jércica Borga, o aproveitamento está sendo muito grande, tanto pelo conhecimento na área de ​​Engenharia Sanitária e Ambiental, como ​vivência da cultura italiana.

O simples fato de estar em contato com um novo idioma, novas pessoas, novos lugares, tecnologias e experiências inovadoras, nos faz crescer, evoluir e perceber que o mundo aqui fora é exuberante, e que todo o conhecimento e novas vivências adquiridas levaremos para as nossas vidas, ressaltou a estudante Jércica Borga.

Já a acadêmica Franciele Serigheli explica que realização desse intercâmbio é a concretização de um sonho que surgiu ainda durante a coordenação do professor Andrei Goodbach, e estar na Itália é a prova real de que insistir sempre em seus projetos de vida, por mais difíceis que pareçam ser, vale a pena.

O mundo está cheio de conhecimento para ser absorvido. Me sinto realizada e grata por me permitir vivenciar es​sa​ nova experiência. Com muita garra e dedicação estou adquirindo experiência, conhecimento e realização — finalizou a acadêmica.

Jércica Borga e Franciele Serigheli iniciaram o intercâmbio no dia 21 de fevereiro de 2018 e retornam ao Brasil no dia 10 de ​j​ulho des​t​e ano. Elas concluirão curso de Engenharia Sanitária e Ambiental na Unoesc Videira no primeiro semestre de 2019.

Fonte: Assessoria Unoesc

%d blogueiros gostam disto: