Perder é aprender

Por mais difícil que seja entender esta frase ela é a mais pura das verdades. Em todos os sentidos quando perdemos, aprendemos mesmo que mais tarde que perder é um aprendizado dolorido.

Quando falo perder me refiro a todas as perdas imagináveis, sejam elas palpáveis ou não. Há perdas, que conseguimos assimilar com rapidez, já algumas, parece que levamos a vida toda para compreender e mesmo assim ainda sentimos um aperto ao falar, ou simplesmente ao lembrar.

Podemos perder amigos, que foram morar em outra cidade, podemos perder amigos para sempre, podemos perder nosso emprego e com o tempo ganhar outro. Até notas na escola, por falta de compromisso, mas tudo terá uma consequência, que fará a diferença no boletim e na própria vida. Podemos perder objetos de valor, mais o que mais fará falta em tudo isso será o amor próprio.

Quando perdemos o amor próprio, perdemos a alegria de viver e esquecemos daquele que deu sua própria vida para nos salvar, esquecemos de agradecer todos os dias por poder estar aqui e continuar aprendendo e ensinando as pessoas que estão conosco e principalmente confiam em nós.

Muitas vezes o esforço é necessário, mas ele precisa vir de dentro das pessoas, mas como encontrar esta força?

Algumas pessoas buscam ajuda médica e com remédios conseguem voltar a ter uma vida normal. Outras, mesmo com medicação não conseguem viver uma vida tranquila e apresentam altos e baixos. Por este motivo, perder deve fazer parte da vida, para que as pessoas aprendam a lidar com as frustrações, com o não ter e com o não ser de ninguém.

Aprender a ver as dificuldades assim irá facilitar, e mostrar que é possível conviver e administrar problemas. Encontrar algo que seja prazeroso fazer pode ajudar também.

Todas as pessoas passam por momentos delicados e difíceis, mas cabe a cada um, encontrar formas de superação. Não é possível viver alegre a vida toda, mas viver triste é desperdiçar momentos fantásticos de aprender com o outro e encontrar nele a dinâmica perfeita de ganhar e perder.

E nós como pais e professores devemos ensinar nossos filhos e alunos também a perder, pois as perdas na vida existem, e que devemos aprender a conviver com elas e aprendendo desde cedo que elas existem, mais fácil será de enfrenta-las na vida adulta.

%d blogueiros gostam disto: