Disciplina

Nossas crianças ainda podem ser pequenas, mas todas tem as próprias vontades. Porém elas necessitam de disciplina para conhecerem os limites e valores importantes como o respeito.

No entanto, a disciplina não deve ser reservada exclusivamente para os momentos em que as crianças se portam mal, deve ser algo contínuo para que a criança saiba distinguir entre o que é certo e o que é errado.

 A melhor forma para que uma criança tenha disciplina é estabelecer regras e limites. Eles precisam ser claros, assim a criança saberá por quais os motivos será sancionada. As regras e os limites são fundamentais para a criança aprender o autocontrole, para saber o que está certo e errado, facilitando a vivência familiar e escolar. Conhecidas e praticadas as regras, tornam a vida mais fácil para pais, professores e crianças.

Da mesma forma que as regras precisam ser claras para as crianças, as consequências também devem ser, pois o aprendizado das crianças dependem do exemplo a ser seguido. Manter o que se propõe, também e importante, para os pais e os alunos.

O desafio dos limites é outra questão que precisa ser trabalhada em conjunto com a família. As consequências geradas pelo desafio dos limites, devem ser conversadas e combinadas com as famílias antes mesmo de acontecer qualquer episódio em que se faça necessário o uso de intervenções e medidas.

Ensinar a criança a respeitar não só os adultos, mas todas as pessoas que a rodeiam passa por coisas tão simples como aprender a dizer “por favor” ou “obrigado”. Não gritar ou bater são outras ações que devem ser controladas, para limitar a agressividade nas crianças.

Criar responsabilidades em nossos filhos e mostrar como as regras funcionam é a melhor forma de torná-los adultos saudáveis e prontos para enfrentar o mundo, que não é cheio de carinho e cuidados como nossa casa e também já possui regras estabelecidas.

%d blogueiros gostam disto: