Caçador e Videira são avaliados para implantação de residência médica

Visitas aconteceram na sexta-feira, 8

A Uniarp recebeu na sexta-feira, 8, a visita do médico Marcos Dias de Paula, integrante da Comissão Estadual de Residência Médica (CEREM). Ele visitou o Hospital Salvatoriano Divino Salvador de Videira e o Hospital Maicé de Caçador, além de postos de saúde e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O objetivo da visita foi conhecer a estrutura e a qualidade dos hospitais e demais setores, visando a implantação de serviços de residência médica em Caçador e em Videira. “Fiquei feliz em ver a boa intenção e o esforço despendido aqui, no sentido de oferecer serviços de ponta na área da saúde. Tenho certeza que quando a residência estiver implantada vão sair daqui profissionais bem formados. O próximo passo agora é ver a documentação, mas na parte pratica, no que pude acompanhar, me surpreendeu”, afirmou.

O presidente da UNIARP, Neoberto Balestrin, que acompanhou o médico nas visitas afirmou que este é mais passo rumo ao curso de Medicina. “Hoje estamos vencendo mais uma etapa na caminhada para o curso de Medicina. A residência medica é um dos primeiros passos e finalizando agora a visita do avaliador, acreditamos que estamos cumprindo as normas e determinações exigidas”, comentou.

O médico Marcos Dias foi recepcionado pelo presidente da Uniarp Neoberto Balestrin, reitor Anderson Antonio Mattos Martins, vice-reitor Acadêmico Paulo Cezar de Campos, vice-reitor Administrativo Jolmar Luís Hawerroth, prefeito Saulo Sperotto, presidente do Conselho Consultivo Leonir Tesser, além de médicos, conselheiros e diretoria do Hospital Maicé. Em Videira, ele foi recebido pelo prefeito Dorival Carlos Borga, vice-prefeita Claudete Nardi Vavassori, além de secretários e dirigentes do Hospital Divino Salvador.

A Uniarp encaminhou processo para três residências médicas nas áreas de: Saúde da Família, Clínica Geral e Medicina Intensiva.

A residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização. Funciona em instituições de saúde, sob a orientação de profissionais médicos. Na sequência do processo, as residências médicas poderão atender outras áreas, de acordo com as demandas dos municípios da região.

Fonte: Rádio Videira

%d blogueiros gostam disto: