fbpx

Vítimas desarmam assaltante após assalto a supermercado e atiram com a arma usada por ele

Um Supermercado do Bairro São Miguel em Fraiburgo, teve um dia marcado por um movimento intenso no sábado, (18) e possivelmente cresceu o olho de um ou mais homens mal intencionados.  Ao preparar para fechar a empresa, por volta das 19:50 Hs, a equipe levou um susto, quando um homem mascarado chegou na porta, demostrando muito nervosismo e com o revólver em punho anunciou o assalto.

Rapidamente o suspeito jogou uma bolsa, exigindo que todo o movimento financeiro fosse colocado e a toda instante ameaçava atirar. O proprietário juntamente com os funcionários, foram obrigados a deitar no chão com a arma apontada a todo instante e as ameaças continuavam, já que havia pouco mais de R$500,00 no caixa, o restante já havia sido recolhido.

O homem fez o último refém deitar no chão e saiu correndo, só que uma pessoa havia percebido o assalto e saiu ao encontro dele com um carro, duas vítimas também saíram no encalço, conseguindo abordá-lo e desarma-lo, logo efetuando dois disparos com a arma do suspeito em direção ao solo, um revólver calibre .32 marca Taurus.

Após o susto, foi que as pessoas envolvidas caíram em si e perceberam que correram muito risco ao deter o elemento, já que poderiam ter sido alvejados por ele.

A Policia Militar esteve no local, conduziu o acusado e duas vítimas do assalto para a CRPP (Central Regional de Plantão Policial) em Videira, onde a ocorrência foi apresentada.

Um policial militar com quem conversamos, disse que essa atitude de reação contra um assaltante armado é desaconselhada, já que a reação de quem está praticando o crime sempre será de disparar contra as vítimas, o que por muita sorte não aconteceu neste caso.

O rapaz que tomou a arma do assaltante, assumiu em depoimento que foi ele que atirou com a arma do suspeito para o chão e ainda, contou que havia percebido esse homem nas imediações durante o dia. Em conversa com a nossa reportagem, eles afirmaram que só foram atrás do suspeito porque acreditavam que arma fosse de brinquedo.

O acusado disse morar em Frei Rogério e alegou que foi forçado a praticar o roubo.

Após os procedimentos, o homem ficou preso a disposição da justiça.

Via Portal Espião Noticias

%d blogueiros gostam disto: