Um novo olhar para a educação infantil

CEMEI Wellesley Gaio foi planejado para oferecer conforto, segurança e qualidade às crianças e equipe de profissionais

No sábado (29) o prédio do novo Centro Municipal de Educação Infantil Wellesley Gaio, no bairro Campo Experimental, foi inaugurado e entregue à comunidade. Após ter sua estrutura de 915m² totalmente reformada, recebeu ainda uma ampliação de 428m², com investimento de cerca de R$ 800 mil, permitindo a abertura de 100 novas vagas.

A obra representa um novo olhar para a educação infantil, um conceito de estrutura totalmente adaptada às necessidades das crianças e profissionais que atuam no local. Um padrão de excelência adotado desde a arquitetura da edificação até os detalhes que conferem carinho e cuidado com os pequenos. É o segundo CEMEI completamente reformado que a administração entrega para a comunidade, o primeiro foi o Jorge Martins, entregue em junho deste ano no bairro Cidade Alta.

A obra do CEMEI contempla uma estrutura pensada para as crianças. As janelas foram rebaixadas propiciando que os pequenos tenham contato visual com o exterior. Nos solários os pequenos pode brincar com conforto e segurança, em espaços individualizados por sala e com piso coberto por grama sintética. As salas são equipadas com o que há de melhor em estrutura, incluindo demi-suítes que permitem o banho e a troca das fraudas em ambiente apropriado e próximo.  O amplo pátio interno e um miniginásio, possibilitam que os professores trabalhem as atividades lúdicas e recreativas com conforto e segurança, sem se preocupar com o frio ou calor externo. Cozinha, ambiente de refeição, lactários, salas, banheiros adaptados, espaços para recreação interno e externo, completam a nova estrutura.

Todas estas melhorias e detalhes especiais desta obra são fruto de um grande debate que contou com a participação ativa da equipe de projeto da prefeitura, servidores do CEMEI, professores e pais, que tiveram a oportunidade de relatar suas necessidades e opinar sobre a construção.

“Decidimos levar a discussão de como os CEMEIs deveriam ser para dentro das salas de aula. Nos reunimos com as APP’s, professores, diretores e os engenheiros do município e ouvimos as pessoas que vivenciam o dia a dia de trabalho no local. Ajustamos os pedidos deles ao conceito pedagógico implementado pelo município e o resultado é esse: Uma obra de excelência e um novo olhar para a educação infantil”, destacou o secretário de Educação, Geancarlos Farinon.

Claudinira Rios, mãe de três crianças que frequentam o Cemei pode acompanhar de perto a mudança. “Meu filho mais velho já vem na creche há três anos e por isso conhecia bem como era. Um lugar escuro, sombrio e sem vida. Agora vejo como mudou, é um ambiente claro, seguro, alegre e cheio de vida, onde os meus dois pequenos que começaram agora terão todas as condições de se desenvolver muito”, enfatizou a mãe.

Para o prefeito Borga, a reconstrução e ampliação do CEMEI mostra a preocupação da administração com a educação e com o bem-estar das crianças, dando tranquilidade aos pais que lá deixam seus filhos: “Os pais nos entregam todos os dias os seus maiores patrimônios que são seus filhos. E nós da administração pública temos o dever de zelar pelas nossas crianças, oferecendo uma estrutura adequada como esta que inauguramos com muito orgulho”, destacou.

Já a diretora do Cemei, Leonice Testolin, enfatizou que essa obra era um sonho de muito tempo. “Trabalho há 28 anos no município de Videira e há 23 neste Cemei que estava num estado precário, uma estrutura ultrapassada, escuro, frio e insalubre. Hoje é outra realidade, um espaço de primeiro mundo. Estamos muito feliz pois vivemos um novo tempo na educação da cidade.”

Na ocasião, ainda, a família de Wellesley Antonio Gaio, médico videirense que dá nome ao CEMEI, foi homenageada pelos feitos de seu patriarca, falecido em 2002. Uma placa com fotografia e a história do doutor foi fixada na recepção do centro de educação, para que jamais seja esquecida a trajetória de quem prestou serviços relevantes à comunidade videirense.

Fonte: PMV

%d blogueiros gostam disto: