Saiba quais os locais de votação em Videira

No dia 7 de outubro, os eleitores terão que votar em seis candidatos para os cinco cargos em disputa nas Eleições 2018, na seguinte ordem: deputado federal, deputado estadual ou distrital, dois senadores, governador e presidente da República.

Para garantir a segurança e a tranquilidade do processo, o Cartótio Eleitoral de Videira está realizando os últimos preparativos e conferencias, conforme explica o chefe do Cartório Eleitoral, Antonio Carlos Zucolotto Junior.

“Nós realizamos a última audiência publica que é chamada de verificação final, na quarta-feira (03), onde foram verificados a lacração das urnas, os dados que aparecem na tela, se está com nível de bateria adequada. Na quinta e sexta-feira (04, 05) colocamos dentro de cada caixa de urna as pastas com materiais necessários para os mesários trabalharem juntamente com cadernos de votação. Posteriormente essas urnas são separadas por roteiros, são quatro roteiros de entrega de todas as urnas no sábado para os locais de votação para os respectivos delegados de prédio” destaca.

Para não esquecer os números dos seus candidatos no momento da votação, a Justiça Eleitoral disponibiliza a chamada “cola eleitoral”, que pode ser levada à cabina de votação, conforme ressalta Zuculotto.

“Essa é a eleição mais extensa em número de candidatos, são seis, por isso é importante levar a “colinha” com os nomes e números de cada candidato escolhido.  Alguns candidatos distribuem material de campanha, os “santinhos” com a foto e a colinha, os eleitores que preferirem podem usar esse tipo de material. Particularmente orientamos que levem um material neutro, mas não é vedado. O que as pessoas não devem fazer é distribuir esse santinho para não ser criar a possibilidade de uma “possível” propaganda no dia da eleição, o que é considerado crime” orienta.

Quais documentos levar

No dia da eleição, leve um documento oficial com foto: carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho, Documento Nacional de Identidade (DNI) ou carteira nacional de habilitação.

Tenha sempre em mão seu título de eleitor, já que nele constam informações sobre a zona e a seção eleitoral. Se preferir, baixe o aplicativo e-Título (título de eleitor em meio digital, disponível para Android ou iOS), que substitui documento oficial com foto.

Atenção: não valem certidão de nascimento e de casamento como prova de identidade na hora de votar.

Evitar aglomerações

Visando garantir o livre acesso dos eleitores aos locais de votação, considerando as aglomerações de pessoas que surgem nesses locais prejudicando a circulação dos eleitores e permitindo a prática dissimulada de boca de urna, considerando a prática observada em pleitos anteriores de veículos adesivados serem estacionados e permanecerem em frente aos locais de votação desde a madrugada do dia da eleição até o fim da votação, o Juiz Eleitoral da 36ª Zona Eleitoral, Dr. Rafael Goulart Sardá emitiu a portaria n° 14/2018 que estabelece algumas normas que deverão ser respeitadas nessas eleições.

Confira:

Art. 1 – Fica considerado de interesse de interesse dos trabalhos de Polícia Eleitoral o raio de 100 metros a contar das divisas dos locais de votação.

Art. 2 – Fica proibido o estacionamento de veículos em frente às entradas dos locais de cotação de Videira, Iomerê, Arroio Trintas e Salto Veloso, bem como em frente ao cartório Eleitoral e ao Fórum, onde serão realizados os trabalhos de apuração, sob pensa de o veículo ser multado e guinchado pelas autoridades competentes, às expensas do condutor/proprietário, solidariamente.

Art. 3 – A proibição acima alcança toda a extensão das ruas, esquina a esquina, nos dois lados (guias e sarjetas) onde hajam entradas/acessos aos locais descritos no art. n° 2.

Parágrafo único – Quando existente esquina, contar-se-á a partir das entrada/acessos 80 metros para cada lado.

Art. 4 – Excetuam-se da proibição o embarque e desembarque de idosos, gestantes e portadores de necessidades especiais, bem como veículos para atendimento de emergências (Bombeiros, Polícia e ambulâncias) e também aqueles que estejam a serviço da Justiça Eleitoral.

Inciso 1 – O estacionamento dos veículos pertencentes aos convocados por este Juízo apenas ocorrerá caso exista local adequado, para esta finalidade, no interior dos locais de cotação e desde que inexistente qualquer tipo de afixação de propaganda.

Inciso 2 – Em quaisquer dos casos está terminantemente proibido o estacionamento na área delimitada no art. 3.

O eleitor deve evitar aglomerados, pois é isso que caracteriza boca de urna ou campanha no dia da eleição, o que é vedado, conforme explica o Chefe do Cartório Eleitoral de Videira.

“Pedimos para que os eleitores votem e voltem para suas casas, para evitar aglomeração nos locais de votação o que a Justiça Eleitoral procura evitar” comenta.

Porque devo votar duas vezes para senador?

Nas eleições 2018, cada eleitor votará duas vezes para senador. Isso acontecerá porque cada Estado brasileiro elegerá dois candidatos para o único cargo do País que conta com mandato de oito anos.

Diferentemente da Câmara dos Deputados, na qual todas as vagas são colocadas em disputa em cada eleição, o Senado é renovado parcialmente de quatro em quatro anos. Das 81 cadeiras, 54 são disputadas em um pleito, enquanto outras 27 no próximo período eleitoral.

Locais de Votação

%d blogueiros gostam disto: