“Corrente do Bem” leva atenção e carinho às comunidades

Dois meses de atividades realizadas pelo CRAS De Carli com visitas aos lares

O Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, do bairro De Carli, realizou uma série de atividades durante os meses de setembro e outubro com o nome “A Corrente do Bem”, inspirada no filme que possui este título.

Esta ação foi realizada com os grupos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, com os quais foram desenvolvidas atividades diversas elaboradas pelos frequentadores dos grupos.

As crianças fizeram a confecção de lembrancinhas e entregaram a doentes e acamados nos bairros, os identificando como pessoas que necessitam de amor e carinho. Da mesma forma, algumas mulheres dos grupos também realizaram visitas as famílias dos bairros De Carli, Vila Verde e Pedreirinha, levando amor e carinho a estes. Também, ao identificarem que uma família necessitava de alimentação especial, montaram uma cesta com alimentos específicos e fizeram a entrega.

O grupo de idosos realizou o dia do abraço, visitando o espaço da Estratégia Saúde da Família – ESF, CEMEI e demais pessoas do bairro que encontravam-se na rua. Os jovens realizaram o encontro intergeracional com os idosos, possibilitando uma tarde divertida com troca de experiências, nominada por estes como “corrente da generosidade”.

Para Isolda Perazoli, esta atividade foi muito gratificante, tendo em vista a sua repercussão para os grupos que realizaram e as pessoas que receberam. “Esta atividade trouxe paz para nós. Saímos pensando em levar coisas materiais, mas durante as visitas percebemos que o carinho e calor humano são mais importantes”, conta.

Da mesma forma, a orientadora das atividades, Sonia Pittol elogia os participantes que se solidarizaram com as famílias necessitadas. “Foi um trabalho que me trouxe muita satisfação em realizar, porque ver o brilho no olhar das pessoas visitadas e a receptividade de cada um, fez com que as atividades valessem a pena. Observou-se na doação da cesta que estes não mediram esforços para auxiliar o próximo. Resumo como umas das melhores atividades realizadas”, concluiu.

A coordenadora do Cras De Carli, Jussara Zambom, fala sobre o objetivo da ação. “Esta atividade buscou principalmente desenvolver a participação e a convivência comunitária dos usuários, possibilitando a estes um novo olhar sob o espaço em que vivem, podendo contribuir e melhorá-lo e sensibilizar as pessoas envolvidas, participantes, orientadores e comunidade em geral sobre a importância de boas práticas no convívio em comunidade, valorizando pequenas atitudes que podem fazer a diferença”.

%d blogueiros gostam disto: