Calor intenso e chuva acendem alerta contra o mosquito da dengue em SC

Segundo a Dive, Videira e Caçador tem focos identificados

Segundo o relatório da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC (Dive-SC), já foram registrados mais de 14 mil focos de Aedes aegypti, representando um aumento de 38.6% em relação ao mesmo período do ano passado.

Esses focos estão concentrados em 159 municípios, dos quais 75 são considerados infestados. O coordenador da Sala de Situação Estadual para o Controle ao Aedes aegypti, João Fuck, comenta sobre a situação em todo o estado.

Fuck informa que municípios da região como Videira e Caçador contam com focos identificados. Segundo ele, essa identificação não significa que os municípios estão infestados, por outro lado, é preciso uma atenção redobrada por todos.

Entre as ações de prevenção e controle do Aedes está o cuidado com o armazenamento de lixo, que deve ser mantido em recipiente fechado, além de acondicionar adequadamente os materiais para reciclagem que podem acumular água.

Manter a caixa d’água sempre limpa e totalmente tampada e as calhas livres de entupimentos são outras atividades fundamentais para a prevenção de novos focos.

Os pratinhos de plantas precisam ser eliminados, além do cuidado especial com bebedouros de animais. Também é recomendável retirar o fundo de latas, caixas de leite e similares antes do descarte.

Fonte: Rádio Videira

%d blogueiros gostam disto: