Pra que tanta pressa

Não é somente o pensamento que está muito acelerado, muito confuso e fora dos padrões normais; se é que um dia tivemos um padrão assim. As pessoas perderam a noção de tempo e correm de um lado para o outro sem saber ao certo para onde vão.

Tudo está freneticamente corrido, desde levar os filhos para a escola, arrumar vaga no estacionamento, esperar as crianças numa festa ou para uma consulta rotineira no pediatra; parece que todas as tarefas que precisamos realizar não infinitas. As pessoas estão sempre com muita pressa.

Quando vamos começar a desacelerar e perceber que estamos nos fazendo mal e ensinando nossos filhos e alunos a correr infinitamente atrás de algo que não sabemos ao certo o que é?

Até as tecnologias, que vieram para auxiliar, nos fizeram escravos delas, pois as reuniões podem acontecer via web e desta forma estamos presos ao celular.

Esta nova forma de resolução de problemas tanto das maiores como as menores empresas tornou as pessoas viciadas por aparelhos de última geração e os escravizou de tal forma, que o tempo da família e do trabalho é praticamente o mesmo, mas sem perceber os compromissos profissionais acabam deixando as pessoas mais aceleradas e sem tempo para família.

O resultado caótico de tudo isso aparece na escola, pois as crianças não conhecem mais as palavras de respeito como com licença, por favor, muito obrigado e desculpa e as atitudes podem ser comparadas as dos adultos acelerados, querem tudo para ontem, não gostam de esperar, não sabem ouvir uma opinião contraria as delas e julgam que todos precisam fazer suas vontades.

Estas gerações estão tomando um comportamento assustador e a cada dia que passa os elos entre a família e a escola são rompidos, pois o papel fundamental da escola é ensinar e não educar. Esta segunda tarefa é reforçada pela escola mas deve acontecer na família desde os primeiros dias de vida do bebê. Pais vocês são os principais responsáveis pela educação de seus filhos e por este motivo sua participação no crescimento dele fará a diferença na sua formação pessoal, profissional e emocional.

%d blogueiros gostam disto: