fbpx

Despachante, residente em Videira forneceu documentação falsa para haitiano

A Polícia Federal prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (24/4), um haitiano, quando apresentou falsa Certidão Consular do Haiti para regularizar sua situação imigratória no Brasil. A Embaixada do Haiti confirmou a falsidade do documento.

Um despachante, residente em Videira/SC, também haitiano, que teria fornecido o falso documento para o imigrante foi identificado. Ele cobrava R$ 300 por certidão fornecida e responderá a inquérito policial.

O imigrante preso e o despachante responderão pelos crimes de estelionato e falsificação de documento público.

UTILIDADE PÚBLICA:
Diante do grande número de documentos falsos apresentados por imigrantes que querem se regularizar no Brasil, a Polícia Federal informa que a única instituição credenciada em Curitiba pela Embaixada do Haiti a auxiliar os imigrantes a retirar Certidão Consular é a Pastoral do Imigrante, no valor de R$ 60,00: 
Paróquia São José. 
Av. Manoel Ribas, 6252, Bairro Santa Felicidade, Curitiba/PR. 
(41) 3272-0466.

Fonte: Polícia Federal

%d blogueiros gostam disto: