fbpx

Mãe, palavra simples mas de significado imenso

Data comemorada com muita alegria, mas que vai muito além de uma simples data festiva. Esta data serve para mostrar o quão importante a mãe, amiga, companheira, enfermeira, professora, psicóloga e tantos atributos mais possui. É apenas mais um dia no calendário, mas que se torna imenso, quando percebemos o que uma pessoa é capaz de fazer para deixar o lar harmonioso e os filhos felizes.

Vale lembrar que o dia das mães são todos os dias do ano e não somente um, escolhido simbolicamente e por este motivo, não é só neste dia que ela merece presentes, flores e declarações. E falando nisso, quantas vezes você leitor já abraçou sua mãe, esta semana? Quantas vezes conversou com ela? Quantas vezes disse o quanto a ama?

Falar sobre os sentimentos uma vez por ano é tão pouco perto de tudo o que ela já fez por você.

Comece pensando na gravidez de sua mãe, nas condições em que vivia, no quanto ela precisava trabalhar e como era tudo diferente dos dias atuais; desde os cuidados médicos até a própria condição financeira.

Hoje, faz-se pré-natal e com poucos meses já sabe-se o sexo do bebê, o enxoval é preparado com muito tempo de antecedência e o chá de bebê garante muitos pacotes de fralda e antes do bebê nascer tem uma sessão de fotos da barriga da mamãe.

Já antigamente, sabia-se o sexo do bebê somente quando nascia, as fraldas eram de pano e por cima delas tinha uma calça plástica, não existia chá de bebê e tão pouco fotos de gestante.

 No entanto aquela geração sem sombra de dúvidas estava mais preparada para ter e educar os filhos, elas não imploravam por um eu te amo e as regras eram cumpridas pelos filhos simplesmente por que os pais as cobravam.

Esta nova geração de mães, mostra-se muitas vezes receosa em dar uma palmadas, em corrigir, em educar e em dar limites e as crianças desde muito cedo, já impõe suas vontades, determinando a roupa, o calçado e os acessórios; aliás este é outro diferencial, hoje as crianças tem tudo em excesso, roupa, calçados, brinquedos. As gerações mais antigas davam valor as datas comemorativas, pois os presentes eram somente no aniversário, dia das crianças e natal. Quanta saudade desta geração, que sabia convencer com um olhar e que diferenciava as crianças dos adultos.

Que as bisavós e avós sejam lembradas como mães que conheciam seu verdadeiro papel e que foram guerreiras em educar uma geração com menos consumismo e com mais limites, com menos conhecimento e com mais educação, com menos medo de errar e com total certeza em acertar; que elas sirvam de exemplo para as novas gerações.

Parabéns mães por mais um de seus dias!!!!

%d blogueiros gostam disto: