fbpx

Apelo pela permanência

O senador Esperidião Amin, líder maior do PP catarinense, reuniu-se na segunda à noite com o presidente estadual da legenda, Silvio Dreveck. Na sequência, o dirigente partidário sentou para conversar com o prefeito de Tubarão e presidente da Fecam, Joares Ponticelli.
O mandatário municipal ainda é filiado ao PP, mas está com um pé e meio no PSL. Encontra-se em Brasília em função da reforma da Previdência. Prefeitos de todo o país foram à Capital federal articular e pressionar deputados para que estados e municípios entrem nas mudanças previdenciárias.
Entre uma reunião e outra nesta semana, Esperidião Amin e Joares Ponticelli devem se reunir. O senador ficou de fazer um apelo pela permanência do prefeito nas hostes progressistas.
Silvio Dreveck, contudo, identificou que o alcaide sulista estaria decidido a migrar rumo ao partido de Moisés da Silva e de Jair Bolsonaro.

Combo
Ponticelli tem ligação política com o atual secretário da Casa Civil, Douglas Borba, que é egresso do PP. Os dois têm contato mais estreito com o ex-deputado federal Jorge Boeira, de Criciúma e que também poderia engrossar as fileiras do PSL. Se mudar de endereço, Boeira surge como alternativa para concorrer à prefeitura da maior cidade do sul em 2020, deixando Daniel Freitas, o segundo mais votado em 2018, no exercício do mandato.

Ruídos
Outro componente neste contexto envolvendo Joares Ponticelli e o PP. Há muito tempo não é boa a convivência entre o prefeito e a família Amin. O tubaronense reclama que a deputada federal Angela Amin sequer o cumprimenta e não esquece que o deputado estadual João Amin já deu várias estocadas nele. E ao fim e ao cabo, passou a ser bem interessante, sob a perspectiva reeleitoral, a saída de Ponticelli do PP.

Na trave
Noutra frente, quem conversou recentemente com Esperidião Amin foi o ex-deputado Gelson Merisio. Não saiu satisfeito do encontro. Os dois interagiram, trocaram ideias, mas na hora de definir o encaminhamento da filiação de Merisio ao PP as coisas não acontecem. Situação que levou o ex-parlamentar a novamente abrir conversas com o PRB dos deputados Hélio Costa (federal) e Sérgio Motta (estadual).

Prazo
A Federação das Indústrias (Fiesc) acompanhou a reunião extraordinária da Comissão de Finanças e Tributação que discutiu os incentivos fiscais de Santa Catarina. No centro das discussões está o Projeto de Lei 174/2019, do governo do Estado, que revisa incentivos que precisam ser convalidados junto ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) para não serem extintos. Na reunião, o secretário da Fazenda, Paulo Eli, informou que o prazo para a convalidação, que era 31 de julho, poderá ser ampliado, dando mais tempo para as discussões.

Indiciados
A força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) que analisa as investigações da Polícia Federal relativas à Operação Alcatraz ofereceu denúncia à 1ª Vara da Justiça Federal em Florianópolis. Nessa primeira etapa foram denunciadas 18 pessoas por diversos crimes, tais como fraudes em licitações, corrupção, peculato e lavagem de dinheiro.

%d blogueiros gostam disto: