fbpx

Adolescente com escoliose grave faz cirurgia em SC com tecnologia 3D

'Vou poder voltar a andar de bicicleta', diz

Uma nova técnica que utiliza a impressão de protótipos de ossos em 3D começou a ser utilizada no Hospital Regional do Oeste (HRO) de Chapecó, no Oeste catarinense. A primeira cirurgia na unidade com o recurso envolveu um procedimento de alta complexidade para o tratamento de escoliose grave de uma paciente de 14 anos, que recebeu alta na quarta-feira (14).

O procedimento ocorreu no sábado (10) e teve nove horas de duração. Pelo menos 20 profissionais, entre junta médica, enfermagem e apoio trabalharam na operação.

O médico cirurgião ortopedista Eduardo Bondan explica que foi realizado uma impressão tridimensional para reproduzir a coluna da paciente, o que reproduziu um modelo no formato do osso real do paciente para calcular, por exemplo, o ângulo dos cortes.

“Eu consigo planejar exatamente qual vai ser a orientação dos parafusos, como vou posicionar a minha mão durante a correção da deformidade e durante a introdução do material”, explica.

Protótipo de coluna desenvolvido no hospital — Foto: Edu Vial/AI HRO

Protótipo de coluna desenvolvido no hospital — Foto: Edu Vial/AI HRO

A paciente Júlia Spies, de 14 anos, sofria de escoliose idiopática há três anos, que causava dores e limitações para caminhar.Agora vou poder voltar a andar de bicicleta, que eu tinha parado por um tempinho porque eu sentia dores nas costas, mas agora é uma boa fisioterapia”— Júlia Spies, de 14 anos

Júlia Spies e o médico Eduardo Bondan mostram o protótipo da coluna  — Foto: HRO/ Divulgação

Júlia Spies e o médico Eduardo Bondan mostram o protótipo da coluna — Foto: HRO/ Divulgação

Júlia trocou a festa de 15 anos para poder pagar pela tecnologia utilizada na cirurgia, que custa em média R$ 100 mil a R$ 120 mil, e ainda não está disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS), no Oeste catarinense. Agora é um sentimento muito bom porque agora eu sei que estou bem, que não tenho nenhum problema mais na minha coluna, é um sentimento muito bom”— disse a adolescente

Fonte: G1

%d blogueiros gostam disto: