fbpx

Falando de Sexo: confira algumas causas da ardência durante a relação

* Tive relação com o meu parceiro e, durante o ato sexual, senti muita ardência na vagina, que durou até alguns dias depois da transa. Esta não é a primeira vez que isso acontece. Porém, só sinto esse desconforto com ele.

A parte mais importante de sua dúvida é: “só sinto isso com ele”. Quando um sintoma sexual desagradável surge com um determinado parceiro, não quer dizer que este seja o único culpado. Ocorre que esta relação que você descreve está em dificuldade. O ideal é conversar sobre o fato da ardência sem mencionar o detalhe de que o problema só acontece com ele. Agora, para entender o problema, algumas questões podem levá-la à reflexão sobre os verdadeiros motivos do seu desconforto:

— Você gosta dele?

— Ele é um bom parceiro, mas no sexo nem tanto?

— Se sente constrangida em se soltar, tomar iniciativas ou dizer a ele do que gosta?

— Vocês fazem poucas preliminares e vão direto para a penetração?

— O tamanho do pênis dele incomoda?

Ressecamento

O ressecamento não é normal, porque a lubrificação é a preparação do corpo feminino para que a penetração ocorra de forma prazerosa. As mulheres, quando excitadas e estimuladas, geralmente ficam lubrificadas. Sem isso, o sexo fica doloroso, pois a pessoa pode sentir um grande incômodo e ardência na região genital, especialmente depois da relação.

A falta de lubrificação pode provocar traumas e fissuras no canal vaginal devido ao atrito com o pênis. Isso faz com que você perca a vontade de transar.

Uma dica é investir mais nas preliminares, já que estímulos e carícias antes do sexo são a melhor forma de fazer com que uma mulher fique entregue ao prazer.

Colunistas Lúcia Pesca e Andréa Alves tiram dúvidas de leitores.

Fonte: NSC

%d blogueiros gostam disto: