fbpx

Prefeitura recebe revisão do Plano Municipal de Saneamento Básico

Foi realizada na tarde desta sexta-feira (16) a entrega oficial à Prefeitura da 1ª Revisão do Plano Municipal de Saneamento Básico de Videira, desenvolvido pela equipe do Consórcio Municipal Catarinense – CIMCatarina e que prevê investimentos de R$224 milhões em curto, médio e longo prazo, para os próximos 30 anos nas áreas de tratamento e distribuição de água, esgotamento sanitário e drenagem pluvial.

Após o levantamento, os dados foram apresentados em reunião no gabinete e posteriormente discutidos em Audiência Pública. A partir disso, foram realizadas adequações que resultaram no planejamento de ações que serão aplicados durante três décadas nos três eixos e que foram entregues nesta sexta-feira. O próximo passo será a elaboração de um Projeto de Lei, que será encaminhado à Câmara de Vereadores para aprovação.

Em relação ao tratamento e distribuição de água, a previsão é investir R$49 milhões para manter o índice de abastecimento de água, que é de 100%, garantindo fornecimento continuado, qualidade e redução de perdas. No esgotamento sanitário, a previsão de investimento é de R$162 milhões para inserção do serviço de coleta e tratamento para 81% da população. Em termos de drenagem pluvial, o investimento de R$12 milhões será para oferecer soluções aos problemas identificados, realizar manutenções, fiscalizar e promover educação ambiental.

De acordo com o diretor da Videira Saneamento (Visan), Sandro Caregnato, a autarquia responsável pela execução do plano está satisfeita, visto que algumas das ações previstas já foram realizadas ou tiveram início. Os investimentos realizados no primeiro ano de atuação da Visan já ultrapassam a casa dos R$2 milhões e vão ao encontro das metas traçadas. “Algumas ações foram cumpridas na integralidade e, em relação a redução de perdas, já alcançamos resultados previstos para 2025”, informa.

O prefeito Dorival Carlos Borga cita que melhorias como essa são um compromisso da administração e imprescindíveis para o desenvolvimento do município. Ele cita ainda que a partir de agora será dado prosseguimento ao planejamento, buscando atender os pontos estabelecidos. “Precisamos avançar sobre esses três pontos, por meio de obras estruturantes, visto que esta é uma questão de saúde pública”, finaliza.

Fonte: PMV

%d blogueiros gostam disto: