fbpx

Agentes de saúde realizam mutirão da dengue nos cemitérios

Iniciou nesta terça-feira (19), no Cemitério Jardim da Saudade, o Mutirão da Dengue, ação que visa combater os focos de mosquitos Aedes Aegypti, transmissor da doença. O serviço é realizado por uma equipe de agentes comunitárias de saúde e agentes de combate a endemias, e consiste na eliminação de recipientes que possam acumular água, ambiente propício para a proliferação do mosquito. O trabalho será realizado ainda no Cemitério Municipal e também em outros cemitérios do município.

A ação é realizada anualmente logo após a data de finados, quando o número de vasos nos cemitérios aumenta significativamente. O serviço consiste na retirada de recipientes que não contenham orifícios para escoamento da água residual ou qualquer material que possa acumular água, como as embalagens plásticas que envolvem alguns vasos. O material eliminado é encaminhado para o aterro sanitário.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica do município, Alesandra Perazzoli de Souza, a manutenção da limpeza é fundamental para prevenir a proliferação do Aedes Aegypti. “Com a aproximação do verão e as constantes chuvas, a tendência é de que haja um crescimento no número de casos de dengue. Até o momento temos controle sobre a situação, mas não podemos relaxar e permitir que haja uma epidemia”, cita.

Ela diz ainda que a população pode e deve tomar alguns cuidados para evitar a proliferação do mosquito. “Nas visitas ao cemitério recomenda-se que sejam escolhidas as flores artificiais. As flores naturais devem ser plantadas em vasos com furos. Já os ramos de flores naturais, devem ser colocados diretamente na areia umedecida, o qual deve preencher todo o recipiente. A participação da população é um fator decisivo no combate à dengue. O cuidado é imprescindível pois criadouros são locais com água limpa que o mosquito escolhe para colocação de ovos. O combate à dengue é responsabilidade de todos nós”, finaliza.

Fonte: PMV

%d blogueiros gostam disto: