fbpx

Dançando na Chuva

Não poderia ser melhor, não poderia ficar melhor. Que dia mais lindo! Escuto pássaros cantando, abro meus olhos e vejo a linda paisagem. Caminhos entre as árvores, respirar fundo e sentir a natureza, cheiro de grama, cheiro de flor e aquele sol tocando meu rosto, no jardim mais lindo que já vi tirei meus sapatos e fui caminhar, pés descalços tocando a grama macia, liberdade, tudo estava tão bom e tão suave. Fechando meus olhos comecei a me perguntar quem poderia fazer tudo ser tão belo e tão perfeito?

Fui me distanciando, à medida que andava encontrava novas surpresas, flores do campo e até um riacho, me sentei na beira dele, coloquei os pés na água e sentia os peixinhos encostando nos meus pés. Nossa, como essa paz que invadia era boa. Já havia me distanciado bastante do jardim. Agora subindo no monte para apreciar a vista do céu. Lá me deitei e peguei no sono.

Fui acordada pelo som dos trovões e vento forte. Quando vi o temporal que se aproximava engoli em seco e senti um frio percorrer dentro de mim. Sem saber que direção iria tomar. Corri embaixo de uma árvore. O céu que estava azul e o sol que brilhava, agora estava escondido por nuvens escuras, o céu em cima de mim estava preto. Uma gota ali, outra aqui, de gota em gota, tudo virou um rio, descendo das montanhas, correndo das folhas. Fui tomada pelo medo. Longe do caminho, com frio, de pés descalço e cheia de pavor. Era uma tempestade como nunca tinha visto!

Existem momentos em nossa vida que somos atingidos por tempestades. Nos pegamos desprotegidos em meio ao caos. Situações que nos pegam de surpresa! Vemos a nossa fé tão pequena que parece ser diminuída mais ainda. Como reagir diante de tudo isso?

Por vezes vamos enfrentar situações que podem nos tirar a paz. Entretanto a palavrea de Deus nos ensina que todos vamos passar por momentos de sofrimento e dificuldade. Mas esta nos deixa uma dica maravilhosa “a paz de Deus, que excede todo o sentimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus”. Filipenses 4:7.

Um dos grandes perigos que enfrentamos neste mundo é acreditar que é possível viver pela sua própria força. Podemos fazer várias coisas pela nossa força, mas desta forma vamos ficar cansados, frustrados e eventualmente derrotados. Devemos viver pela fé, confiando que a nossa força vem de Deus e Ele é a rocha que garante a nossa estabilidade. Salmos 18:2.

“Por meios da fé, as coisas possíveis para Deus são igualmente possíveis para aquele que crê”.

Por: Dr. Fabrício Molon da Silva – Médico Neurocirurgião e Pastor da Igreja ABA e Mariliva Dreon Rosalino de Mello

%d blogueiros gostam disto: