fbpx
Ultimas Notícias

Guia de saúde mental traz soluções para lidar com estresse durante isolamento

Lançado pelo governo do Estado, documento apresenta recomendações sobre como manter contato social e se envolver com atividades rotineiras

Guia de saúde mental está disponível para consulta na internet – Foto: Governo do Estado de Santa Catarina/Divulgação/ND

O governo de Santa Catarina lançou um guia de nove páginas com recomendações de saúde mental para o período de isolamento. O documento orienta manter contato social, se envolver com atividades rotineiras e se abrir sobre possíveis problemas em estar isolado.

O isolamento foi uma das medidas orientadas já na semana passada, o que implicou em grande medida, em home office, distanciamento social e horas de ócio. Segundo psicólogos, o período de isolamento pode causar sofrimento ou agravar alguns quadros, e para isso, todos devem manter rotinas e reservar tempo para atividades prazerosas.

Um dos pontos ressaltados no documento é o controle do tempo em que se consome notícias. Segundo o guia, um alto período de consumo pode causar ansiedade ou angústia. No entanto, o guia alerta para que as pessoas acompanhem as notícias a partir de fontes confiáveis.

Ajuda e assistência para colegas também consta nos itens recomendados. Elisete Pacheco, síndica do condomínio Granville, conta que criou uma “corrente do bem”. Trata-se de um grupo de WhatsApp, no qual moradores se colocam à disposição para buscar medicamentos e alimentos para idosos, diabéticos e vizinhos mais vulneráveis.

O documento pode ser acessado no site do governo.

Opções para preencher o tempo

Com a quarentena, alguns serviços e plataformas têm liberado conteúdo gratuito, como o Spcine Play, streaming da empresa de fomento ao cinema da prefeitura de São Paulo. O catálogo foi liberado por 30 dias. Medeia FilmsSesc TVDigital Concert Hall também liberaram conteúdo online.

Além disso, outra maneira de ocupar o tempo pode ser investir em estudos e cursos. O Senai liberou 12 cursos gratuitos com certificado, assim como a FGV, a Kinedu e a Stoodi.

Praticar caminhadas pode ser uma opção, porém sempre mantendo dois metros de distância de outras pessoas.

Em artigo publicado nesta quinta-feira (19) no New York Times, Alex Williams atesta que algumas prefeituras estão estimulando a atividade com as devidas medidas de prevenção.

“Se você não está a menos de um metro e meio de alguém, em quase todos os casos não corre muito risco”, disse Crystal Watson, pesquisador sênior do Johns Hopkins Center for Health Security.

Como lidar com home office

Para melhorar o rendimento em casa é importante reservar um espaço sem barulho e demais distrações. Também é importante tomar um banho, lavar o rosto e arrumar-se como se fosse realizar o trabalho normalmente.

Mesmo com orientações de home office, alguns funcionários podem ser prejudicados pelo clima. “Nesse momento o estresse e o pânico podem surgir e isso impacta a produtividade mais até do que o próprio vírus”, atesta Daiane Andognini, da Hug. Para contornar isso, é importante que a proteção à vida e as medidas de segurança sejam ressaltadas constantemente.

Fonte: NDOnline

%d blogueiros gostam disto: