• 08/06/2019

MEIO AMBIENTE: #Combater a Poluição do Ar

O Dia Mundial do Meio Ambiente acontece todos os anos no dia 5 de junho e, neste ano, traz como tema a “Poluição do Ar”, uma questão crítica tanto para o meio ambiente quanto para a saúde humana. Com o objetivo de unir esforços para combater este mal, que atinge todas as pessoas, a ONU Meio Ambiente no Brasil lançou a campanha #CombaterAPoluiçãoDoAr, tema para a Semana do Meio Ambiente, entre os dias 01 e 09 de junho.


Segundo estudos, nove em cada dez pessoas em todo o mundo respiram ar poluído. As emissões nocivas são responsáveis por uma em cada nove mortes em nível global e por sete milhões de mortes prematuras por ano.

Só no continente americano, mais de 300.000 pessoas morrem anualmente devido à má qualidade do ar. Alguns poluentes atmosféricos também estão diretamente relacionados ao aquecimento global, contribuindo para o desenrolar de uma crise climática.

O que causa a Poluição do Ar?

Existem várias atividades e fatores que são causas da poluição do ar. Essas fontes podem ser divididas em duas categorias: as fontes naturais e as causadas pelo homem.

Fontes naturais:

– Poeira de fontes naturais, como as de áreas desérticas;

– Metano emitido no processo de digestão dos animais. Essa emissão é aumentada pela ação do homem devido ao grande número de animais criados para a alimentação, como o gado, por exemplo, que corresponde a uma grande parte das emissões de metano no meio ambiente;

– Fumaça e monóxido de carbono emitido nas queimas naturais;

– Atividade vulcânica, que emite diversos poluentes como dióxido de carbono, dióxido de enxofre e cinzas em grandes quantidades, podendo assim causar danos terríveis;

– Atividade microbiológica nos oceanos, liberando gases sulfurosos;

– Decaimento radioativo dos minerais (rochas);

– Emissões por plantas de compostos orgânicos voláteis;

– Decomposição de matéria orgânica.

Fontes causadas pelo homem

– Fábricas, usinas de energia, incineradores, fornalhas e outras fontes estacionárias. Locais que utilizam a queima de combustíveis fósseis ou de biomassa, como madeira;

– Veículos automotores, como carros, motos, caminhões e aviões. O transporte contribui com cerca de metade das emissões de monóxido de carbono e óxido de nitrogênio;

– Queimadas controladas na agricultura e no gerenciamento de florestas. No Brasil, essa prática é responsável por cerca de 75% das emissões de gás carbônico;

– Aerossóis, tinta, sprays de cabelo e outros solventes;

– Decomposição dos resíduos orgânicos, que gera metano;

– Emissão de amônia pelo uso de fertilizantes;

– Atividade mineradora.

Efeitos da poluição do ar

A poluição do ar pode causar um enorme impacto em dois grandes âmbitos: a saúde humana e o meio ambiente. Entre os principais efeitos da poluição do ar estão doenças respiratórias e problemas ambientais.

Efeitos da poluição do ar na saúde humana

– Irritação na garganta, nariz e olhos;

– Dificuldades de respiração;

– Tosse;

– Desenvolvimento de problemas respiratórios;

– Agravamento de problemas cardíacos ou respiratórios, como a asma;

– Diminuição da capacidade pulmonar;

– Aumento de chance de ataques cardíacos;

– Desenvolvimento de diversos tipos de câncer;

– Danos ao sistema imunológico;

– Danos ao sistema reprodutor.

A data

O Dia Mundial do Meio Ambiente começou a ser comemorado em 1972, com o objetivo de promover atividades de proteção e preservação do meio ambiente, e alertar o público e governos de cada país sobre os perigos de negligenciarmos a tarefa de cuidar do mundo em que vivemos.

Em 1972, durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, em Estocolmo, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o Dia Mundial do Meio Ambiente, que passou a ser comemorado todo dia 05 de junho.

Essa data, que foi escolhida para coincidir com a data de realização dessa conferência, tem como objetivo principal chamar a atenção de todas as esferas da população para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais, que até então eram considerados, por muitos, inesgotáveis.

Nessa Conferência, que ficou conhecida como Conferência de Estocolmo, iniciou-se uma mudança no modo de ver e tratar as questões ambientais ao redor do mundo, além de serem estabelecidos princípios para orientar a política ambiental em todo o planeta. Apesar do grande avanço que a Conferência representou, não podemos afirmar, no entanto, que todos os problemas foram resolvidos a partir daí.

Atualmente existe uma grande preocupação em torno do meio ambiente e dos impactos negativos da ação do homem sobre ele. A destruição constante de habitat e a poluição de grandes áreas, por exemplo, são alguns dos pontos que exercem maior influência na sobrevivência de diversas espécies.

Dentre os principais problemas que afetam o meio ambiente, podemos destacar o descarte inadequado de lixo, a falta de coleta seletiva e de projetos de reciclagem, consumo exagerado de recursos naturais, desmatamento, inserção de espécies exóticas, uso de combustíveis fósseis, desperdício de água e esgotamento do solo. Esses problemas e outros poderiam ser evitados se os governantes e a população se conscientizassem da importância do uso correto e moderado dos nossos recursos naturais.

Como eu posso ajudar o meio ambiente?

Apesar de muitos acreditarem que a mudança deve acontecer em escala mundial e que apenas uma pessoa não consegue mudar o mundo, é fundamental que cada um faça a sua parte e que toda a sociedade reivindique o cumprimento das leis ambientais. Todos devemos assumir uma postura de responsabilidade ambiental, pois só assim conseguiremos mudar o quadro atual.

Pode parecer uma tarefa difícil, mas o meio ambiente pode ser ajudado com medidas individuais bastante simples. Se cada um fizer sua parte, podemos garantir um futuro mais promissor para as gerações futuras.

Veja a seguir algumas dicas importantes para preservar o meio ambiente:

– Economize água e energia;

– Não compre animais silvestres sem autorização;

– Evite hábitos consumistas, comprando apenas o que for necessário;

– Sempre que possível, deixe seu carro em casa;

– Prefira comprar de empresas que apresentam responsabilidade socioambiental;

– Reaproveite e recicle;

– Não desperdice alimentos

– Um litro de óleo despejado no ralo pode contaminar até 2m mil litros de água. Junte o óleo que você usou e encaminhe para o descarte correto do produto;

– Escovar os dentes com a torneira aberta por 5 minutos pode gastar até 12 litros de água. Por isso, desligue e só ligue novamente quando for enxaguar;

– Mais da metade do lixo da sua casa pode ser reciclado. Separe os materiais recicláveis do lixo orgânico e do que não pode ser reciclado;

– Procure usar pilhar recarregáveis. As pilhas usadas contaminam a água e o solo com mercúrio e cádmio e a atmosfera com vapores tóxicos.

Ações em Videira

Neste sábado, a Prefeitura de Videira, juntamente com a Visan e diversas entidades do município estarão durante todo o dia realizando ações de conscientização para preservação da natureza. Na praça da Estação será montada uma tenda onde será feita a distribuição de panfletos sobre a campanha da Coleta de óleo de cozinha, Coleta Seletiva e Dicas Sustentáveis. Também será feita a distribuição de mudas de espécies nativas e feita a limpeza das margens do Rio do Peixe.

Fonte: Brasil Escola/Mundo Educação