• 19/09/2020

Cada qual com seu papel, mas todos importantes

Isso mesmo, as crianças de hoje não podem conviver somente com os pais, elas estão sempre visitando outras pessoas, ou até mesmo sendo cuidadas por babás ou secretárias do lar. Este fato é real e cada indivíduo presente na vida das crianças e dos adolescentes tem um papel importante para eles.
Há crianças que passam o dia inteiro com as babás, outras com a secretária do lar, algumas com os avós e outras na escola com professores em um períodos diferentes.


A visão, de que a mãe deveria ficar em casa para cuidar dos filhos, já não é atual, as mulheres trabalham fora e por este motivo acabam delegando a função de cuidar, alimentar e até mesmo educar e ensinar para outras pessoas.


Desta forma as crianças passam grande parte do tempo sem os pais, e precisam confiar na pessoa que escolheram para tal tarefa.


Mas isso não é desculpa para não ficar com os filhos. Pai e mãe tem a tarefa de serem os primeiros professores dos filhos, por este fato ensinar e educar são tão diferentes e por vezes se aproximam.


Cabe aos pais estarem sempre atentos ao comportamento dos filhos, brincar, jogar, assistir, desenhar, dar carinho e atenção são elementos fundamentais para que a criança se desenvolva saudavelmente. E estes quesitos são para a vida inteira.


Na escola desde pequenos, os professores irão estimular toda esta bagagem que a criança traz consigo e dar sequência a uma série de ensinamentos; sendo esta a tarefa do professor, ensinar.


Sem sombra de dúvidas, os professores esbarram na educação também, mostrando que determinados comportamentos não condizem com determinadas situações; e o mesmo acontece com os pais, quando os filhos não entenderam determinada disciplina e os pais passam a auxiliar, sendo mais uma vez seus professores.


A função dos avós, como diz minha amiga Vera Schiochet, é ser pais com açúcar, pois podem ajudar na educação e nos ensinamentos, mas nesta fase da vida, os avós estão muito mais para agradar, brincar e deixar os netos realizarem atividades que muitas vezes não são permitidas pelos pais. Sem esquecer que o amor é em dose dupla.


Para as babás e secretárias do lar a tarefa é ainda mais difícil, pois além de fazer todo o serviço de casa, precisa tirar um tempo para brincar.
E este brincar pode ser de qualidade com jogos educativos ou de coordenação motora.


As madrinhas, tias, tios exercem também um papel crucial, quando escolhem de presente um jogo que terá como objetivo a estimulação da concentração, da atenção, contagem, esperar vez e tantos outros conceitos que precisam ser trabalhados.

Afinal tem trabalho para todos.